Comunicação Interna Conteúdos

O Custo da Falta de Comunicação nas EmpresasTempo de Leitura: 4 minutos

falta de comunicação
Escrito por Eric Vazzoler

Está sem tempo para ler ou prefere ouvir o artigo? Experimente o player abaixo:


“O maior problema com a comunicação é a ilusão de que ela já foi alcançada” – George Bernard Shaw

A falta de comunicação eficaz nas empresas é um problema crítico que muitas vezes não ganha a devida atenção da diretoria. Muitos executivos assumem que seus comunicados são assimilados por todos os colaboradores rapidamente, passando por toda a cadeia hierárquica da empresa sem barreiras.

Porém, a realidade está bem distante disto. Na prática, conforme descemos na pirâmide de cargos da organização, menos satisfeitos os colaboradores estão com a quantidade de informações recebidas.

Já falamos deste efeito no post “O Sistema de Irrigação e a Comunicação Interna das Empresas”.

Os Problemas Causados pela Falta de Comunicação

O “efeito irrigação”, e vários outros problemas causados por uma comunicação interna ineficiente, se traduz em perdas financeiras para a organização. Porém, muitas vezes esta ligação – comunicação e perdas financeiras – não é direta, fazendo com que os investimentos na área permaneçam os mesmos.

Assim, para deixar esta ligação mais clara, listamos alguns dos problemas causados pela falta de comunicação no trabalho e buscamos dados de diversas pesquisas para embasar nossos argumentos. Confira a lista abaixo:

fluxo do custo da comunicação

Aumenta o Turnover

Já fizemos a ligação entre a retenção de talentos e a comunicação interna da empresa em outro post aqui do blog, mas você já sabe quais são os custos associados à rotatividade de funcionários?

Em um estudo feito pelo Centro de Progresso Americano1, o custo de perder um funcionário e substituí-lo varia de 16% a até 216% do salário anual do colaborador, dependendo do cargo que ele ocupa.

Bem alto, não é mesmo? Além dos custos diretos do desligamento, também há os custos de contratação, treinamento, perda de produtividade e engajamento, erros do novo colaborador e vários outros fatores intangíveis que geram despesas para a empresa.

Falhas Causadas por um Gerenciamento de Mudanças Ruim

A falta de comunicação durante mudanças na empresa, como desligamentos de funcionários, fusões, substituição de liderança ou troca de funções de trabalho, afetam negativamente o engajamento e a conduta dos colaboradores.

gerenciamento de mudanças

Em artigo da Holmes Report2 é relatado que a falta de comunicação antecipada de mudanças organizacionais pode gerar um aumento de 42% na má conduta dos colaboradores, afetando diretamente a produtividade da companhia.

Já a Tower Watson3 afirma que gerentes que são comunicadores efetivos, ajudam a manter o engajamento dos colaboradores em épocas de mudança, resultando em uma taxa de produtividade 26% superior em relação aos funcionários não-engajados.

Principal Razão do Fracasso de Projetos

Em pesquisa da Spikes Cavell4, 57% dos projetos de TI que não alcançaram os resultados esperados falharam por causa de uma comunicação ruim entre as partes interessadas, ficando na primeira posição da lista. Em segundo lugar ficou a falta de planejamento com 39% e em terceiro a falta de controle de qualidade, com 35%.

Aumento na Ocorrência de Acidentes

A comunicação ineficaz no trabalho é uma das principais causas de acidentes com os funcionários. Já defendemos esta ideia no nosso post sobre segurança do trabalho.

Em artigo publicado pela US Joint Commission for Hospital Accreditation5é relatado que 70% dos acidentes com os pacientes é devido à falhas na comunicação.

Já a Gallup6 afirma que colaboradores engajados sofrem 62% menos acidentes em relação aos não-engajados. Em um levantamento interno feito pela gigante de bebidas Molson Coors, enquanto o colaborador engajado tinha um custo anual de $63 na média em acidentes, o não-engajado custava $392.

Menor retorno aos Acionistas

O resultado da soma de todas as perdas financeiras anteriores devido à falta de comunicação impactam no valor real da empresa.

Segundo estudo da Tower Watson, empresas com comunicadores altamente efetivos possuem um retorno financeiro aos acionistas 47% superior às empresas que são menos efetivas na comunicação.


E estes são apenas alguns problemas causados por uma comunicação interna ruim. Podemos citar ainda a diminuição da produtividade, problemas no atendimento ao consumidor, mais gastos com processos trabalhistas, aumento do absenteísmo, maior perda de tempo clarificando as falhas na comunicação, entre outros.

Veja mais em nosso Whitepaper:

falha na comunicação interna

 

Fontes:

1: Custos para substituir colaboradores – https://www.americanprogress.org/wp-content/uploads/2012/11/CostofTurnover.pdf

2: Falta de comunicação antecipada de mudanças – http://www.holmesreport.com/latest/article/employees-don%27t-receive-enough-information-during-corporate-change

3: Gerentes comunicadores e retorno aos acionistas – https://www.towerswatson.com/en/Insights/IC-Types/Survey-Research-Results/2009/12/20092010-Communication-ROI-Study-Report-Capitalizing-on-Effective-Communication

4: Causas dos fracassos nos projetos – http://www.it-cortex.com/Stat_Failure_Cause.htm

5: Problemas de incidentes com pacientes são devidos à falta de comunicação –

6: Redução de acidentes de trabalho – https://strengths.gallup.com/private/resources/q12meta-analysis_flyer_gen_08%2008_bp.pdf

Sobre o autor

Eric Vazzoler

Engenheiro eletricista deslumbrado pela Comunicação com os Colaboradores e pelo Marketing Digital. Líder da equipe de Marketing de Conteúdo da Progic. Apaixonado por livros, filmes, músicas, games e pedalar no meio da natureza.

  • Pingback: 7 Vantagens de uma Comunicação Interna Eficaz para a Empresa()

  • Francisco França

    Senhores, interessado no assunto sobre as falhas de projetos em virtude de comunicação, fui até o site da IT-Cortex indicado na matéria e observei que a pesquisa não é da IT-Cortex e sim feita pela empresa SPIKES CARVELL, contratada pela empresa francesa BULL que trabalha com sistemas integrados, a fim de realmente localizar quais as principais falhas no ciclo de vida dos projetos. Apenas complementando que a pesquisa é de 1998.

    • Eric Vazzoler

      Verdade Francisco. Já atualizei essas informações no post.
      Obrigado!