Conteúdos Webinar

Webinar – Segurança da Informação na TV CorporativaTempo de Leitura: 8 minutos

endomarketing-webinar-seguranca-da-informacao
Escrito por Higor Lima

Com a evolução da tecnologia e o fluxo cada vez maior de informações na rede, os crimes cibernéticos se tornaram um grande temor para as empresas.

Nos últimos anos, com a utilização cada vez maior de soluções em nuvem (SaaS), onde os dados da empresa agora trafegam e são armazenados fora dos domínios internos, a Segurança da Informação é um tema que está ganhando muita relevância no ambiente corporativo.

Segundo relatório divulgado pela empresa de segurança digital McAfee, as empresas brasileiras perdem cerca de 32,4 bilhões de reais/ano por causa de crimes virtuais, tornando o Brasil o segundo país com maior fonte de ataques virtuais no mundo.

Assim, as equipes de Tecnologia da Informação (TI) das empresas, responsáveis por garantir a segurança dos dados corporativos, buscam cada vez mais estar atentas a questões que atendam aos pilares da segurança da informação e garantam a continuidade de negócio de suas empresas.

E esse cuidado também é necessário ao implementar novos meios de comunicação interna, como a TV Corporativa, por exemplo. Como este é um canal que requer um software em nuvem para gerenciar o que é transmitido, a segurança da informação deve receber atenção na hora de escolher o fornecedor.

E para você, profissional de TI que está buscando uma solução de TV Corporativa segura para implementar em sua empresa, nós fizemos um webinar para falar mais sobre este assunto.

Assista ao Painel da Progic gravado com nosso CEO, Igor Gavazzi Vazzoler, formado em Engenharia Elétrica e com mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento de produtos eletrônicos, e também com nosso Coordenador de Desenvolvimento de Produtos, Felipe von Hertwig, especialista e auditor líder em Segurança da Informação e professor das disciplinas de Redes Convergentes e Segurança da Informação no Senai SC.

No bate-papo conversamos sobre:

  • O que é segurança da informação?
  • Por que se preocupar com a segurança dos dados na TV Corporativa?
  • Quais pontos sobre segurança da informação se atentar ao iniciar um projeto de TV Corporativa?

Confira o webinar completo no link “Segurança da Informação na TV Corporativa”, ou pelo vídeo abaixo:


Entendendo o que é Segurança da Informação

Resumidamente, podemos dizer que segurança da informação está relacionada com a proteção de um conjunto de informações, assegurando que elas só estarão acessíveis para os responsáveis de direito ou pessoas na qual os dados forem enviados.

Conhecido mundialmente, o sistema ISO/IEC 27001 é um sistema base de gestão da informação usado como modelo para estabelecer, implantar, monitorar e analisar projetos cuja segurança de informação deve ser levada em conta.

Para quem não conhece segurança da informação, ou está iniciando o estudo sobre as normas da ISO/IEC 27001, certamente vai ouvir falar do tripé da segurança, baseado em três pilares:

Confidencialidade: uma propriedade de que a informação esteja disponível somente às pessoas autorizadas.

Integridade: propriedade que garante que a informação não sofra alteração indevida.

Disponibilidade: que diz que a informação deve estar acessível e utilizável sempre que necessário.

Hoje em dia é possível observar mais dois pontos que agora passam a incorporar os pilares da Segurança da Informação. Esses dois novos pontos são igualmente de alta relevância aos trabalhos de proteção do conhecimento, sendo eles:

Autenticidade: que é a garantia de que a informação veio de uma fonte anunciada.

Irretratabilidade (ou não-repúdio): garantia de que a pessoa não negue que foi ela que acessou ou assinou uma mensagem, arquivo ou até mesmo um acesso.

Segurança da Informação na TV Corporativa

Quando falamos de Segurança da Informação na TV Corporativa precisamos levar em conta que este projeto tem dois pontos que o profissional de TI precisa se atentar: o software e o hardware. Ela é diferente de uma conta de email, por exemplo, que trata-se de uma solução composta apenas por um armazenamento na nuvem.

Além do software de gestão de conteúdos, que é uma solução executada na nuvem e sempre acessada através de um site, a TV Corporativa também tem a parte do hardware, que são os monitores e dispositivos reprodutores (conhecido também como players de Digital Signage), responsáveis em enviar os conteúdos para as telas. Estes players também precisam estar de acordo com as normas de segurança de informação da empresa.

Hoje, assim como outros canais que tem como base a tecnologia, a TV Corporativa se torna um meio seguro de comunicação para a empresa, pois ela é um meio gerenciado totalmente dentro da empresa e sob controle exclusivamente de pessoas autorizadas para exercer tal função.

Claro que qualquer pessoa pode chegar e tirar uma foto da informação que está sendo exibida na TV, por exemplo, mas aí entra um outro ponto na segurança da informação: o comportamento das pessoas.

Falar de segurança da informação dentro das empresas não é só pensar em como a tecnologia vai funcionar, mas também disseminar uma cultura de confiança e privacidade entre os colaboradores para que dados e informações não saiam do âmbito corporativo.

Critérios para se Preocupar ao Iniciar um Projeto de TV Corporativa

Agora que você já entendeu o que é e qual a importância de se antenar com a segurança da informação na TV Corporativa, vamos listar alguns critérios importantes sobre segurança na hora de avaliar um fornecedor de TV Corporativa, considerando os três pilares base da ISO 27001.

Em relação à Disponibilidade questione:

  • Qual a disponibilidade do software de gestão?
  • Qual a disponibilidade dos dispositivos reprodutores (players)?
  • Qual é o SLA (Service Level Agreement) da ferramenta? Tem algum lugar que eu possa ter acesso ao SLA?
  • A solução tem uma estrutura de redundância, ou seja, em caso de alguma catástrofe no servidor da empresa, vocês tem um plano de ação para crise?

Quando falamos de disponibilidade na TV Corporativa, estamos falando sobre quanto tempo o software de gestão está disponível para os responsáveis utilizarem e quanto tempo as telas estão, de fato, exibindo os conteúdos para os colaboradores, tudo isso em um determinado período de tempo.

É importante que o fornecedor de TV Corporativa tenha estes dados documentados, disponíveis para consulta e atualizados.

Em relação à Integridade questione:

  • A solução de TV Corporativa tem recursos que garantem que as informações exibidas nas telas são íntegras, ou seja, são de fato as informações que eu quero que apareçam?
  • Os dispositivos reprodutores dependem da internet para exibir as informações corretas nas telas?

Neste ponto é importante pesquisar se o fornecedor de TV Corporativa possui recursos para garantir que nenhuma informação errada apareça nas telas.

Uma falha neste critério, por exemplo, são soluções que dependem da internet para exibir os conteúdos corretamente.

A distribuição dos conteúdos para os dispositivos reprodutores (players) pode, e deve, ser feita pela internet. Essa característica é que dá agilidade no processo comunicacional feito através da TV Corporativa.

Porém, é necessário considerar o caso em que os players percam conectividade com a internet. O que acontece neste caso? Os players param de exibir? Irá aparecer conteúdos errados na tela, como uma página 404? Se o player ficar dias sem conexão com a internet, eles irão continuar exibindo conteúdos temporais, como notícias de portais?

Alguns fornecedores oferecem a opção de exibir páginas da internet em tempo real nas TVs Corporativas. Esteja ciente que esta é uma característica que coloca em risco a integridade das informações exibidas na TV Corporativa.

Em relação à Confidencialidade questione:

  • Qual o Data Center que vai armazenar minhas informações? Ele possui algum certificado?
  • Quais são os recursos de garantia de autenticidade da solução?
  • Como funciona a política de privacidade e acesso aos dados no seu software?
  • Sobre os dispositivos reprodutores, é possível acesso de pessoas não autorizadas aos players?

Falar de confidencialidade é assegurar que suas informações estão sendo acessadas por pessoas autorizadas, e que essas informações não saiam dos domínios que a empresa estipule.

De modo geral, é sempre importante saber aqui se existem recursos de gestão e autenticação do usuário que acessa a solução de TV Corporativa.

Atente-se também com fatores relacionados aos servidores em que a solução de TV Corporativa opera, como o AWS (Amazon Web Services), por exemplo. Os dados estão armazenados em nuvens compartilhadas ou exclusivas? Quais são os certificados de segurança da informação desses servidores?

Em relação ao hardware, procure saber quais são as seguranças que os players possuem para garantir que não haja acessos indesejados ou vazamento de informações.


Conheça a Solução da Progic para TV Corporativa

E aí, se interessou em desenvolver um projeto de TV Corporativa? Quer conhecer o melhor software de TV Corporativa que centenas de empresas estão utilizando para revolucionar a comunicação com seus colaboradores?

A Progic possui umas das mais completas soluções de TV Corporativa do mercado e que você deve conhecer melhor antes de tirar seu projeto do papel.

O Progic Manager é um software de gerenciamento com diversas funcionalidades básicas e avançadas, incluindo o Creative, uma ferramenta de criação de conteúdos integrada, com um pacote enorme de conteúdos prontos para você utilizar em sua programação.

Além disso, temos o Progic Player que é o único player do mercado desenvolvido e fabricado aqui no Brasil e específico para esta aplicação. É um equipamento plug-and-play, feito para funcionar de forma autônoma e 24/7.

progic-endomarketing-botao-tv-corporativa-manager

Sobre o autor

Higor Lima

Misture o interesse por histórias com a vontade de conhecer culturas diferentes. Acrescente uma boa dose de aventura e uma pitada de emoção. Leve ao forno até se formar em Jornalismo e terminar a pós graduação em MBA Marketing. Sirva com alegria, disposição e um axé ao fundo.