Comunicação Interna Conteúdos

Por que Você Não Deveria Trabalhar com Comunicação Interna?Tempo de Leitura: 6 minutos

trabalhar com comunicação interna
Escrito por Daniéli Closs


Se você acessou esse artigo com o objetivo de confirmar que não se identifica com os itens que listei e garantir que está de acordo com o perfil para trabalhar com Comunicação Interna, alcançarei meu objetivo.

Mas se você se identificar com algum dos itens abaixo, será necessário rever alguns conceitos.

O setor de Comunicação Interna é relativamente novo dentro das organizações, em muitas ele ainda é realizado por profissionais responsáveis por outras funções, como pelo setor de RH, marketing ou ainda pelo próprio gestor da empresa.

A área está crescendo aos poucos, mas este texto é para aqueles que acham que qualquer pessoa pode realizar esta tarefa e ainda alcançar os objetivos esperados, como uma comunicação eficaz, engajamento dos colaboradores e desenvolvimento de lideranças.  

Não estou dizendo que o estagiário ou o gestor não sabem o que estão fazendo com a Comunicação da empresa, estou aqui para comprovar o valor de ter um profissional qualificado e dedicado para realizar esta função tão importante para o sucesso da organização.

A Comunicação Interna é complexa como qualquer outra área, possui desafios e dificuldades como qualquer outro setor. O que muitos não sabem é que se ela não for bem gerenciada, pode influenciar nos outros processos e acabar prejudicando o crescimento da empresa e causar muitos prejuízos.

7 Características que Você NÃO Deveria Ter

Baseado em nossa experiência trabalhando na área, em contato com outros comunicadores e em nossas pesquisas diárias sobre o tema, listamos abaixo 7 requisitos que alguém que trabalha com Comunicação Interna não deveria ter. Você concorda?

Se Você Gosta de Ser Reconhecido

Um profissional de Comunicação Interna precisa gostar de reconhecer o trabalho dos outros. Essa é nossa função enquanto motivadores e promotores do engajamento. Aplicar e divulgar o programa de reconhecimento para fazer com que cada colaborador se sinta importante para a empresa e perceba o valor do seu trabalho.

Porém, por você ser o agente do reconhecimento dentro da empresa, muitas vezes não terá quem reconheça o seu esforço diário e seus resultados.

Além disso, muito dos benefícios trazidos por uma Comunicação Interna eficaz são intangíveis e de longo prazo, como melhoria no clima organizacional ou na cultura da empresa.

Estes resultados podem acabar passando despercebidos aos olhos da diretoria e dos colaboradores, ou não serem devidamente creditados ao departamento de comunicação.

Se Você não gosta de Trabalhar com Pessoas

Pode até parecer óbvio que quem trabalha com Comunicação Interna deve gostar de trabalhar com pessoas, mas essa função, muitas vezes pode se transformar em um desafio no decorrer dos dias.

Não basta gostar de se relacionar com as pessoas é preciso ter empatia e saber lidar com diferentes perfis. O comunicador interno deve ter e manter um bom relacionamento com todos os colaboradores, desde o presidente da empresa até o aprendiz.

Além do bom relacionamento é necessário enxergar todos por igual e agir da mesma forma. Não deve haver preconceitos ou discriminação, de maneira alguma. É necessário ter respeito e sempre buscar entender o lado de cada um.

Se Você Fala mais do que Ouve

falar mais do que ouvir

Outro fator importante ligado ao relacionamento com os colaboradores é o ato de ouvir. Por mais que somos comunicadores, precisamos ouvir mais do que falar. Somente dessa forma será possível melhorar os processos: ouvindo.

Como trabalhamos para comunicar, melhorar os relacionamentos, engajar as equipes e motivar a todos, muitas vezes seremos a ponte entre os colaboradores e a gestão da empresa. Temos que estar preparados para ouvir, até mesmo desabafos e problemas pessoais.

Mas sabemos que algumas vezes não é tão fácil captar as informações necessárias para o nosso trabalho, dependendo da cultura da empresa, alguns colaboradores se sentem retraídos ao falar, preferem deixar como está. E esse é mais um desafio que é necessário enfrentar no relacionamento com as pessoas.

Por isso é tão importante ter tato e buscar entender cada vez mais o comportamento dos colaboradores e buscar a melhor forma de se relacionar com eles.

Se Você tem Dificuldade para Manter-se Motivado

motivar-se

Um dos principais objetivos do profissional de CI é manter os funcionários motivados com o trabalho que realizam, muitas atividades e ações realizadas, são guiadas por essa finalidade.

E para motivar, é necessário estar motivado. Portanto, conseguir se manter motivado e ter facilidade em se auto motivar é uma qualidade importante que o comunicador precisa possuir, pois dessa forma, a disposição para atingir a motivação coletiva será maior.

Se Você não se Importa com a Mensuração

Mensurar é tão importante quanto executar e na comunicação interna não é diferente. Estar atento ao que cada ação realizada proporcionou aos colaboradores e à empresa, pode promover muitas melhorias.

Sabemos que mensurar ações de comunicação interna não é uma tarefa tão simples. Há vários fatores qualitativos e que muitas vezes levam tempo para serem vistos e que uma equipe engajada e motivada não se constrói de um dia para o outro.

Por isso, cada atividade deve ser acompanhada e avaliada em conjunto com os gestores. Devemos realizar pesquisas internas constantemente para identificar se o caminho que está sendo construído é o que queremos atingir.  

Se Você Gosta de Trabalhar Sozinho

Se você pudesse escolher ficar atrás da tela do computador o dia todo, evitando andar pela empresa ou se relacionar com os colegas, o trabalho de comunicador não é para você.

O profissional de Comunicação Interna precisa estar em constante “movimento” dentro da organização, visitando os setores, as filiais, conversando com os colaboradores, trocando ideias e observando o trabalho que está sendo realizado.

Com essas atitudes, os insights para comunicar mais efetivamente, melhorar o relacionamento, aumentar o engajamento e desenvolver as lideranças surgirão mais facilmente. Convivendo com os processos da organização será possível sentir as dores que os setores sentem e perceber também o que funciona para cada equipe.

Se Você Gosta de Rotina

Por fim, se você gosta de rotina, de chegar no trabalho e saber o que vai acontecer durante o dia e já ter todas as suas tarefas agendadas e programadas sugiro que repense sua área de atuação.

O setor de CI está em constante mudança. Em uma manhã tudo pode parecer funcionar e a tarde você pode ter que trabalhar para gerenciar uma crise interna, ou para fazer uma ação que não esperava.

Trabalhar com Comunicação é imprevisível e você precisa estar preparado para isso, aprendendo a gerenciar mudanças na rotina e principalmente aproveitar essas situações para crescer e se desenvolver com elas.

Conclusão

O setor de Comunicação Interna está crescendo aos poucos e cada vez mais os gestores estão percebendo como é importante ter profissionais qualificados e uma equipe dedicada para gerenciar esta função dentro da empresa.

Listamos essas características para demonstrar o quanto cada uma delas é importante para trabalhar com Comunicação Interna. Cada item dessa lista pode ser desenvolvido e nosso comportamento construído ao longo dos dias para melhorar nossa atuação como profissionais.

Muitas vezes estes fatores passam despercebidos no momento de gerir a comunicação mas precisam receber atenção, pois cada um resultará em diferenças positivas para alcançar os objetivos da comunicação.

Espero que você não tenha se identificado com a lista que elaboramos e que se discordar com algum dos requisitos, ou ainda tiver alguns para acrescentar, pode escrever nos comentários e contribuir com a gente. (:

Sobre o autor

Daniéli Closs

Relações Públicas por formação, com experiência em liderança, gestão de pessoas e comunicação interna. Conhecimento avançado em marketing digital, apaixonada pelo que faz e entusiasta da evolução.