Comunicação Interna Conteúdos

Rádio Corredor nas Empresas: Vilã ou Aliada?Tempo de Leitura: 7 minutos

radio corredor
Escrito por Higor Lima

Em um ambiente empresarial, é quase impossível evitar que aconteça aquela conversinha de corredor aqui ou acolá, não é mesmo?

Essa conversa entre colaboradores, conhecida como rádio corredor, ou informalmente como rádio peão, é uma manifestação interna espontânea sobre os mais variados assuntos, que disseminam uma informação não oficial e quando não acompanhadas de perto, podem trazer graves consequências.

Essa prática de rádio corredor sempre existiu, mas ao longo dos anos foi ganhando força com a ajuda da tecnologia.

Se antes a conversa informal era restrita apenas ao âmbito empresarial, hoje, a internet abriu essa dimensão e uma informação não oficial pode dar abertura para uma fake news nas redes sociais, por exemplo.

Neste artigo vamos falar sobre as formas de comunicação de uma empresa e como os comunicadores podem tornar estratégicas as informações que circulam nos corredores.

Além disso, vamos falar também sobre hábitos que evitam que a fofoca de corredor se espalhe pela empresa.

Boa leitura!

Quais as Formas de Comunicação Dentro de uma Empresa?

Muito se engana quem acha que a comunicação empresarial é feita apenas através dos canais corporativos ou falas da presidência.

Toda mensagem que circula no ambiente corporativo, seja ela falada ou escrita, da diretoria ou do chão de fábrica, através de um canal ou apenas comentário no corredor é uma forma de comunicação organizacional.

Wilson Costa Bueno, especialista em comunicação empresarial, ressalta a importância de não restringir a comunicação interna apenas à chamada comunicação descendente, ou seja, aquela que flui de cima para baixo na hierarquia empresarial.

Uma comunicação organizacional interna é feita de forma horizontal, descendente e ascendente.

Portanto, podemos definir a comunicação no ambiente de trabalho em três pontos base:

#Comunicação Institucional: que é desenvolvida através da imagem corporativa, propaganda institucional e afins e tem como objetivo gerenciar as diretrizes da comunicação empresarial, ou seja, reforçar os objetivos, missão, visão e valores, além de trabalhar a imagem da empresa para a imprensa, sociedade e colaboradores.

#Comunicação Formal: é a maneira oficial, estabelecida pela organização, de se comunicar com os colaboradores.

#Comunicação Informal: é a comunicação que surge de modo espontâneo entre as pessoas dentro da organização. Ela não segue padrões e não está documentada.

As três se relacionam entre si, mas nem sempre estão alinhadas.

Quando não pensadas de modo estratégico, surge oportunidade para o desentendimento da mensagem e formação de interpretações equivocadas, gerando a famosa rádio corredor.

Como Tornar a Rádio Corredor um Meio Estratégico de Comunicação?

Apesar da rádio corredor trazer o burburinho entre os empregados, não podemos ver a comunicação informal apenas como uma vilã nessa história.

Ela passa a ser um elemento importante para os comunicadores quando usada com sabedoria para disseminar informações estratégicas pela empresa.

Já dizia a célebre frase: se você não pode com o inimigo, junte-se a ele.

Não que o colaborador que sai espalhando notícia pelos corredores seja inimigo da comunicação, mas certamente a fofoca/fake news atrapalha, e muito, o engajamento, planejamento e credibilidade com os funcionários.

Uma das soluções para esses casos é montar um conselho de representantes de todos os departamentos, com perfis engajados e que exercem certa influência sobre os demais, para que eles sejam direcionados a disseminar as informações não oficiais da empresa de modo positivo.

Quando damos representatividade para quem não é líder, damos oportunidade para os empregados serem ouvidos, reforçamos a importância da comunicação entre as pessoas e legitimamos o hábito.  

“O que faz as mudanças acontecerem de verdade está 55% na consistência entre o que a liderança fala e faz, 30% nos processos internos e 15% no desenvolvimento de veículos de comunicação” é o que fala o professor de Comportamento Organizacional e Recursos Humanos da Harvard Business School, John P. Kotter

Hábitos que Combatem a Rádio Corredor

Mas além de ter aliados na hora de comunicar, é importante saber trabalhar com ética e transparência. De nada adianta você planejar uma comunicação para maquiar problemas ou distorcer situações. A verdade é a base para a confiança!

Pensando nisso, listamos abaixo 6 hábitos que podem evitar que a rádio corredor aconteça. Confira:

  1. Se houver alguma mudança no quadro de funcionários, seja por motivos de demissão ou admissão, é importante que os líderes comuniquem às suas equipes sobre os motivos da atitude, evitando assim que achismos sejam espalhados pelos corredores.
  2. Quando mudanças nos processos (regras, métodos, ferramentas, etc) se tornarem necessárias, é importante que sejam esclarecidos os motivos e vantagens das alterações. Quando bem comunicado, as possibilidades de uma falsa história surgir são menores.
  3. Ofereça treinamentos e reciclagem constantemente. Toda informação importante deve ser retomada de tempos em tempos para que não seja esquecida ou que versões diferentes da oficial sejam criadas.
  4. Promova a transparência e a verdade. Ao sinal de qualquer desalinhamento ou boatos é importante que as informações sejam esclarecidas e o clima entre os colaboradores volte a se tornar equilibrado. Os líderes, gestores, ou representantes do RH devem sempre estar à disposição para conversar e esclarecer dúvidas.
  5. Em situações onde houver reclamações entre colegas de trabalho, é importante ter um responsável para escutar os dois lados, estabelecer conciliação entre os envolvidos e lembrar que respeito e tolerância fazem parte do bom convívio.
  6. Tenha canais de comunicação para reforçar as informações anteriormente citadas. Quando reforçamos a fala através de meios de comunicação, estamos dando a chance das pessoas estarem sempre cientes sobre as mudanças, planejamentos, regras de convivência e boa conduta no ambiente de trabalho.

TV Corporativa como Canal de Comunicação

Como já falamos outras vezes aqui no blog, a TV Corporativa é uma das tendências em canais de comunicação, justamente por ser um espaço democrático, onde todos podem participar, e dinâmico, por estar sempre em movimento e contar com diversas possibilidades de conteúdo.

Usar esse canal como método para combater a rádio corredor é uma forma de reforçar os hábitos citados acima e criar um espaço onde o colaborador possa buscar informações verdadeiras sobre a empresa.

Abaixo apresentamos alguns exemplos de conteúdos que podem ser usados para auxiliar no esclarecimento das informações informais que circulam pelas empresas.

Palavra do Presidente: usar a TV para que a mensagem da presidência chegue ao empregado sem haver quaisquer tipos de barreiras de comunicação. Evita o efeito “telefone sem fio” em que a mensagem vai se modificando a partir do momento em que é passada adiante.

palavra do presidente

Avisos do RH: sabe aquele e-mail que um lê, outro não e a informação acaba se espalhando pelos corredores incompleta? Usar a TV Corporativa para reforçar um comunicado, seja ele do RH ou de qualquer outro departamento, é uma oportunidade para deixar a equipe toda antenada com os recados e garantir que todos verão a mensagem.

avisos do rh

Dicas e treinamentos: alinhar as equipes para que o trabalho seja feito de modo correto é imprescindível para o sucesso de qualquer projeto. Use a TV Corporativa para reforçar essas boas práticas.

treinamento tv corporativa

Gestão à vista: quando o colaborador sabe o que está acontecendo na empresa, boatos sobre o desempenho ou sobre as equipes são evitados. Manter os resultados à vista pode estimular ainda mais os empregados a melhorarem a performance.

gestao a vista

Quer saber mais sobre Gestão à Vista na TV Corporativa? Baixe nosso E-Book sobre.
melhore a comunicacao

Você já passou por alguma situação em que um boato foi espalhado pela rádio corredor? Compartilhe nos comentários abaixo sua experiência e como foi que você conseguiu trazer a verdade à tona.

Não deixe de acompanhar as novidades do blog. Até a próxima!

Sobre o autor

Higor Lima

Misture o interesse por histórias com a vontade de conhecer culturas diferentes. Acrescente uma boa dose de aventura e uma pitada de emoção. Leve ao forno até se formar em Jornalismo e terminar a pós graduação em MBA Marketing. Sirva com alegria, disposição e um axé ao fundo.