Comunicação Interna Conteúdos

Missão, Visão e Valores de uma Empresa – Conceitos, Exemplos e Como ComunicarTempo de Leitura: 28 minutos

missao-visao-valores-2019-712x350
Escrito por Daniéli Closs

Missão, Visão e Valores são o conjunto de diretrizes fundamentais que regem uma organização. O trio Missão-Visão-Valores é um recurso de extrema importância para orientar o planejamento estratégico e construir a identidade organizacional, assim como para guiar o comportamento e estabelecer uma unidade entre os colaboradores da empresa.


Geralmente, antes mesmo de começar um empreendimento, a Missão, a Visão e os Valores já são estabelecidos para a organização, baseados nos objetivos e valores de seus fundadores.

Apesar de ser uma ferramenta antiga e muitas vezes mal utilizada dentro das empresas, Missão, Visão e Valores é um recurso simples, porém poderoso para alinhar todas as ações e decisões tomadas no dia a dia dos funcionários.

Mas de nada adianta tê-las definidas no papel e não aplicá-las na rotina e compartilhá-las com cada colaborador.

Por isso, neste artigo, vou apresentar a importância desses quesitos para uma organização e como eles podem ser definidos e inseridos no dia a dia de todos.

Ao compartilhar Missão, Visão e Valores, todos os empregados estarão em sintonia e engajados com o propósito da organização, o que promove um efeito positivo nos resultados gerados.

Neste artigo você verá:

O que é Missão, Visão e Valores de uma Empresa

Resumidamente, Missão, Visão e Valores são o conjunto de diretrizes fundamentais que regem uma organização. Normalmente são estabelecidos no início de uma organização durante o planejamento estratégico, documentadas formalmente e revisadas periodicamente.

Cada uma delas responde a uma pergunta sobre a organização: quem ela é, o que valoriza e para qual direção está indo. Vamos entender cada uma delas individualmente:

Missão de uma Empresa

missao-de-uma-empresa

A missão de uma organização, comunica a sua razão de existir, tudo o que ela visa oferecer para o mercado, quem ela será para cada parte interessada, sejam clientes, colaboradores ou investidores por exemplo.

Para Peter Drucker, conhecido como o pai da administração moderna:

…uma empresa não se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz; ela se define pela sua missão. Somente uma definição clara da missão é razão de existir da organização e torna possíveis, claros e realistas os objetivos da empresa.

Mas além de ter essa missão clara e documentada, é necessário vivê-la no dia a dia, tê-la como base para os objetivos e estratégias da empresa e ela precisa ser amplamente compreendida por todas as partes da organização.

Resumidamente, a função da missão é orientar e delimitar a atuação da empresa, ajudando todas as pessoas envolvidas a concentrar seus esforços para uma direção em comum.

Visão de uma Empresa

visao-de-uma-empresa

Diante do desafio de planejar em ambientes cada vez mais complexos e competitivos, a visão passou a ter importância fundamental na construção do futuro de pessoas, organizações, cidades e países. Peter Drucker (1998).

Enquanto a missão representa a essência da organização, a visão é onde, ou como, ela se vê em determinado período de tempo. A visão é a descrição do futuro, ou seja, onde a empresa quer chegar, suas metas para os próximos anos.

Normalmente uma visão é determinada para o período de 5 anos, mas isso é uma particularidade de cada empresa. Após o período definido terminar, a visão é revisada ou substituída por outra.

Quando estabelecemos a visão de uma organização, não é necessário descrever as formas e estratégias que serão aplicadas para atingir essa meta, ela apenas precisa ser clara e realista.

A visão também servirá como motivação para tirar a empresa da zona de conforto e se movimentar para chegar até esse objetivo no prazo determinado.

Não há máquina mais poderosa para direcionar uma organização para a excelência e o sucesso duradouro do que uma visão atraente, compensadora, realizável e amplamente compartilhada. – Burt Nanus.

Valores de uma Empresa

valores-de-uma-empresa

Os valores devem estar presentes e ser compartilhados por todos os funcionários, pois são eles que influenciam como devem ser os comportamentos, as atitudes e as decisões tomadas.

Portanto, os valores são os princípios e as crenças que servem como guias e parâmetros para os relacionamentos entre todas as partes envolvidas em uma organização.

Os valores devem representar aquilo no que a empresa acredita e que, para ela, é inegociável. E quando os empregados se identificam com esses valores e os adotam na sua vida pessoal, os resultados são imensuráveis. – Analisa de Medeiros Brum

A Importância da Missão, Visão e Valores

Determinar a Missão, a Visão e os Valores da organização pode ser vista apenas como uma formalidade por algumas empresas, mas esses princípios podem proporcionar muitos benefícios.

A Missão, Visão e Valores contribui de forma positiva para os relacionamentos e para a imagem da organização junto dos públicos interno, externo e na fidelização dos clientes e parceiros.

Elas definem tudo que envolverá a organização, os hábitos e formas de trabalhar, maneiras de resolver problemas, gerenciar crises ou apostar em investimentos e metas.

Baseadas na opinião de Glenn Smith, conheça algumas das vantagens adquiridas quando uma empresa cria e vive sua Missão, Visão e Valores.

Determina a Direção da Empresa

A Missão, Visão e os Valores, são usadas para lembrar o porquê a empresa existe, lembrar aos envolvidos o que se está buscando. A missão, principalmente, serve como guia para a organização e é utilizada como referencial na orientação das estratégias  ações realizadas.

Foca o Futuro da Empresa

Ao criar a visão e torná-la de conhecimento comum entre todos, a vantagem que se nota é a maior facilidade em manter o foco no futuro da empresa, onde ela quer estar em determinado prazo e não deixar que isso se perca ao longo do tempo.

Direciona a Tomada de Decisão

Uma missão clara, uma visão focada e valores coerentes, estabelecem limites importantes e permitem que os gestores deleguem responsáveis estratégicos para cada função.

Essas diretrizes serão para empresa, por exemplo, o que uma bússola é para um explorador, ou o que um mapa é para um turista. Elas fornecem as direções necessárias para permanecer no caminho e alcançar o que se almeja.

Forma a Base para o Alinhamento

Quando novas contratações são realizadas, a Missão, Visão e Valores já servem como filtro. Se o candidato à vaga, compartilha dos mesmos princípios, já é um indício de que a contratação pode ser bem-sucedida.

Além disso, ter essas diretrizes definidas, ajuda a alinhar, quem chega para fazer parte da equipe, ao mesmo objetivo e forma de trabalho, permitindo que todos estejam em sintonia.

Acolhe Mudanças Úteis

Quando há necessidade de mudanças, muitas pessoas resistem à elas, isso porque elas nos fazem sentir inseguros e exigem a saída da zona de conforto. No entanto, se a missão for clara, os membros da equipe verão o valor da mudança e como ela ajudará a organização a chegar onde se quer.

Quando as ações são justificadas pela Missão, Visão e Valores fica mais fácil criar uma Cultura Empresarial que acolhe a mudança.

Forma a Estratégia

Nenhuma estratégia deve ser criada sem justificativas, elas precisam estar de acordo com o que a empresa preza e acredita, com os valores compartilhados, pois tudo precisa estar alinhado.

No momento de definir novas estratégias, o indicado, ao invés de olhar para o que os concorrentes estão fazendo e tentar copiá-los, é definir as ações se baseando na missão e na visão da empresa, assim serão mais eficazes em cumprir e alcançar o que se espera.

Facilita a Avaliação e Melhoria

Fica muito mais fácil avaliar e propor melhorias quando temos definidos os nossos objetivos e onde queremos chegar. Por isso, ter clareza na Missão e na Visão traz clareza para todos os outros níveis da organização.

Da mesma maneira, os valores de uma empresa são guias comportamentais que auxiliam na gestão de pessoas, facilitando a avaliação dos colaboradores por parte dos líderes.

Diferenças e Semelhanças entre Propósito e Missão

Muitas vezes a missão é comparada com o propósito da organização, ou então uma acaba sendo citada no lugar da outra. Mas apesar de serem semelhantes, e ambas indicarem a razão de ser da empresa, existem diferenças entre esses dois aspectos em uma organização.

A missão foca no que a empresa faz e representa o motivo de sua existência, voltada para os processos e prioridades que ela terá. Já o propósito é a razão de ser da empresa, não define o que ela faz, mas o porquê ela o faz.

Rogério Chér, administrador de empresas e especialista em comércio internacional indica 5 perguntas-chave que o propósito de uma empresa deve responder, que são:

    1. Quais impactos causamos – e pretendemos causar – nas pessoas, na sociedade e no mundo em que estamos inseridos?

    1. Quais temas são grandes causas para nós? Quais assuntos que nos mobilizam de corpo e alma?

    1. Quais valores e comportamentos amamos, e quais aqueles que repudiamos fortemente?

    1. Considerando o atual momento e o espírito da época em que vivemos, o que se espera de uma empresa como a nossa? Que respostas e soluções podemos oferecer? O que o mundo espera de nós? Qual o nosso chamado agora?

  1. Caso nossa empresa desapareça, o que morreria com ela, aquele algo maior além da nossa operação e dos negócios que administramos?  

O propósito possui a característica de ser motivacional, se conecta com o coração e com a cabeça, é o principal alicerce de uma organização. Ele deve ser compartilhado com todos, vivido e sentido por todos os colaboradores, bem como a Missão, a Visão e os Valores.

Diferenças à parte, tanto o propósito quanto a missão tem como objetivo mostrar a “causa além do lucro”, engajar e inspirar os colaboradores e sociedade apresentando a razão de ser da empresa e como ela contribui para um mundo melhor.

Exemplos de Missão, Visão e Valores

Muitas empresas possuem Missão, Visão e Valores que servem de inspiração e exemplo para outras que estão começando a desenvolver e pensar a sua. Além disso, ao visualizar essas informações de outras organizações, fica mais fácil de entender o que cada uma delas deve transmitir.

Por isso, veja alguns exemplos:

Exemplos de Missão:

Walmart – Nós economizamos o dinheiro das pessoas para que elas possam viver melhor!

Harley Davidson – Nós realizamos sonhos através da experiência de motociclismo.

Mary Kay – Dar oportunidades ilimitadas às mulheres.

Microsoft – Ajudar pessoas e empresas por todo mundo a realizar todo o seu potencial!

Involves – Nosso propósito é a harmonia entre pessoas e tecnologia para uma execução perfeita.

Progic – Tornar o ambiente de trabalho mais feliz.

Exemplos de Visão:

Instituto Brasileiro de Coaching – Ser a maior Escola de Coaching do Mundo.

Disney – Criar um mundo onde todos possam se sentir crianças.

Coca-Cola – Matar a sede do mundo.

Petrobrás Visão 2030 – Ser uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo e a preferida dos seus públicos de interesse.

Involves – Temos um grande sonho. Queremos ser os parceiros estratégicos em trade marketing das grandes marcas globais.

Progic – Ser reconhecida como líder em soluções para comunicação com colaboradores de médias e grandes empresas através de conteúdo educativo, tecnologias inovadoras, metodologias próprias e serviços de excelência.

Exemplos de Valores:

Avon – Confiança; Respeito; Crença; Humildade; Integridade.

Petrobras – Respeito à vida, às pessoas e ao meio ambiente; Ética e transparência; Orientação ao mercado; Superação e confiança; Resultados.

Banco Itaú – Só é bom para a gente, se for bom para o cliente; Simples. Sempre; Fanáticos por performance; Pensamos e agimos como donos; Gente é tudo para a gente; Ética é inegociável; O melhor argumento é o que vale.

Coca-Cola – Inovação; Liderança; Responsabilidade; Integridade; Paixão; Colaboração; Diversidade; Qualidade.

Involves – Integridade; Garra; Música; Empatia; Evolução; Eu sendo eu.

Progic – Bom relacionamento; Critérios elevados; Ética; Compromisso; Humildade.

Como Definir Missão, Visão e Valores de uma Empresa

É importante que na hora de definir Missão, Visão e Valores de uma empresa, ocorra uma reflexão real e sincera entre os fundadores, sócios e liderança, para entender os objetivos intrínsecos nas atitudes e investimentos de cada um.

Ao definir esses princípios é fundamental deixar claro o que a empresa quer ser, como pretende se relacionar com os públicos de interesse, qual será seu foco e o que vai guiar suas ações deste momento em diante.

Definindo a Missão

Para uma missão representar a empresa, ser efetiva e realmente impactar no dia a dia, de acordo com Rogério Chér, ela precisa possuir 5 características principais. São elas:

    1. Ser uma declaração da alta liderança que sinaliza com amplitude qual é a direção a seguir no ciclo estratégico em curso (1 ano, 3 anos, 5 anos ou mais);

    1. Responder com clareza a pergunta: “Quais são nossas maiores prioridades dentro do atual ciclo estratégico? O que é mais importante fazer agora?”;

    1. Direcionar os pilares da estratégia que se conectam com o item acima;

    1. Sinalizar as competências técnicas necessárias para entregar a estratégia definida;

  1. Orientar as prioridades orçamentárias.

Resumidamente a missão organizacional precisa responder às seguintes perguntas:

Por que existimos? O que fazemos e para quem?

É importante lembrar também que ela pode mudar com o tempo e ser ajustada de acordo com a realidade da organização, ou seja, ser adaptada ao negócio.

Definindo a Visão

Para definir a visão de uma organização, você pode se basear na missão, analisar o caminho que será percorrido ao longo do tempo e como os objetivos serão buscados, para dessa forma idealizar uma posição futura que seja possível para a realidade da empresa.

Mas não deixe de ser ousado em seus objetivos, pois uma das funções da missão também é motivar as equipes em busca dela, portanto, ao mesmo tempo que precisa ser possível, deve ser desafiadora.

A visão pode responder à pergunta:

Para onde queremos ir juntos?

Ela é a que está mais suscetível à mudanças ao longo do tempo, por isso que pode ser atribuída à um prazo e então ser atualizada constantemente após ser alcançada, para manter a motivação e novos objetivos vivos.

Definindo os Valores

Os valores são o coração da empresa, são importantes para a organização e para todos que fazem parte dela. Além de serem considerados na hora da contratação de novos funcionários, também devem ser internalizados nas equipes.

Eles também devem estar alinhados com a Missão e a Visão da organização e precisam representar a forma de trabalho e convivência entre as pessoas envolvidas com o negócio.

Os valores devem estar intrínsecos e guiar o comportamento dos colaboradores, tanto no relacionamento entre si quanto no atendimento aos clientes e fornecedores.

Ao definir os valores da organização é muito fácil se basear em valores comuns em empresas maiores e famosas, mas essa escolha deve ser realizada pensando na essência da empresa e das pessoas que trabalham nela.

Para facilitar você pode utilizar a seguinte pergunta:

Que crenças (princípios) orientarão nosso comportamento?

Respondendo ela, será mais fácil definir quais e quantos valores serão compartilhados e vividos no dia a dia por todos os envolvidos.

A Importância de Comunicar a Missão, Visão e Valores

Com a onda de empresas coloridas, startups construídas aos moldes da Google, ter uma Missão, Visão e Valores encantadores para atrair talentos se tornou desejo de vários CEOs.

Entretanto, algumas empresas focam nessa construção e definição de valores, mas acabam não vivendo isso no dia a dia e tudo fica apenas no papel. Em decorrência disso, os funcionários se frustram pois as expectativas iniciais não são atendidas.

Mas como viver esses aspectos no dia a dia? Como fazer com que a missão saia do papel e seja percebida em cada processo e relacionamento, seja entre colaboradores ou com os clientes?

Empresas que são referência em qualidade de atendimento, como por exemplo Nubank, Natura e Netflix possuem uma missão forte, uma visão definida e valores compartilhados e vividos por todos.

Então após definir a Missão, Visão e os Valores da organização, um passo muito importante é comunicá-los a todos e realizar ações diárias para internalizá-los em cada colaborador, para que de fato sejam vividos e lembrados em cada ação.

Costumo dizer que a cultura é um tema que tem que ser trabalhado o tempo todo, com os valores sendo repetidos de forma sistemática em canais internos de comunicação, em campanhas de endomarketing, em programas de reconhecimento e, principalmente, por meio da comunicação líder/equipe. – Analisa de Medeiros Brum

Através de comunicados, dinâmicas e atividades, inspire sua equipe com a Missão e a Visão, mostre a importância dos valores que vocês devem compartilhar e encontre uma maneira de expressar o impacto desses fatores na vida dos clientes e da organização.

Ao conseguir comprovar que tudo isso fará a diferença no sucesso da organização e, consequentemente, dos colaboradores, você verá os resultados positivos que esses fatores podem proporcionar para sua empresa.

Mas como comunicar fatores tão específicos? Veja no tópico a seguir algumas sugestões para divulgar a Missão, a Visão e os Valores de forma inspiradora e que mostre a importância deles aos colaboradores.

Como Realizar a Comunicação da Missão, Visão e Valores

A Missão, a Visão e os Valores normalmente são vistos pelos colaboradores como informações institucionais formais, não atrativas. Por isso, é importante pensar em maneiras de comunicá-las de forma que chame a atenção do colaborador.

Então, como comunicar informações institucionais de forma impactante e até mesmo divertida?

Não existe uma fórmula exata para garantir que a Missão, a Visão e os Valores serão internalizados pelos colaboradores, mas existem diversas maneiras de transmitir essas informações de forma atrativa. Confira algumas:

Dinâmicas

Dinâmicas de grupo são ótimas maneiras de envolver e engajar os colaboradores em um mesmo objetivo. Esse é um excelente formato na hora de comunicar informações estratégicas.

Você pode realizar dinâmicas específicas para divulgar essas informações e envolver toda a empresa em atividades durante alguns dias, ou então ações esporádicas em eventos internos.

Para se inspirar, você pode conferir nosso e-book com 30 dinâmicas de grupo clicando aqui.

capa-ebook-progic-30-dinamicas-1171x496

Gamificação

A gamificação é uma estratégia eficaz e que garante a internalização de informações. Ela utiliza técnicas e características de jogos em outros processos e um deles pode ser a divulgação da Missão, Visão e Valores.

Você pode criar jogos, brincadeiras e desafios para potencializar a comunicação das informações estratégicas da empresa e, além disso, garantir a integração e a motivação dos colaboradores.

Você pode ler mais sobre o assunto em nosso artigo: “Gamificação: Tudo o que você precisa saber”.

Rituais

Uma ótima forma de inserir a Missão, Visão e Valores no cotidiano dos colaboradores é através de rituais, ou seja, atividades que acabam se tornando um hábito.

Para criar um ritual que se consolide, a empresa deve avaliar a sua própria cultura, os seus rituais já existentes e envolver seus colaboradores na construção desse novo hábito.

Um ritual simples que pode ser incorporado na rotina de uma equipe é trazer a Missão, a Visão ou os Valores ao final de uma reunião diária, por exemplo. Pode ser apenas uma citação por um dos colaboradores, um discurso sobre a importância de determinado valor ou um grito de guerra dado por todos.

Em um outro exemplo, é possível presentear cada colaborador com uma plantinha de mesa, que representará todos os valores da empresa. O ritual proposto aos colaboradores é cuidar desta planta, mantendo ela viva, assim como os valores organizacionais.

Como esta é uma atividade diária, passará a fazer parte da rotina de todos e ao mesmo tempo o valor que ela representa sempre será lembrado e vivido.

Cores e Símbolos

Ao associar cores e símbolos aos valores da organização, você também estará facilitando a sua internalização.

…pode-se escolher diferentes cores para representar os valores e/ou associar cada um deles a um ícone, duas estratégias de endomarketing que permitirão uma assimilação mais rápida pelas pessoas, além de gerar uma série de outras interações e conexões. – Analisa de Medeiros Brum

Essa associação pode ser realizada em uma dinâmica entre os colaboradores e então reforçada através da comunicação pelos meios internos.

Incentivos e Reconhecimentos

Com ações de incentivo e reconhecimento será possível comunicar os valores de forma indireta e internalizar os comportamentos esperados no dia a dia.

Você pode elaborar propostas trimestrais de reconhecimento para o melhor atendimento ao cliente, por exemplo, se este for um dos valores da sua empresa.

Campanhas de Endomarketing

Campanhas são uma das melhores maneiras de comunicar informações estratégicas e promover a discussão sobre assuntos que precisam ser internalizados pelos colaboradores.

Por isso, realize campanhas internas que enfatizem a Missão, Visão e Valores. Contextualize e deixe claro aos funcionários o porquê esses fatores são tão importantes e quais serão os benefícios que toda a empresa terá ao vivê-los diariamente.

Por ser um assunto de extrema importância para a empresa, você pode criar um editoria específica para essas campanhas, com cores, logotipos ou assinaturas particulares, podendo ter o nome “Nossa Cultura”, por exemplo. Isso irá destacá-la das demais.

Utilize os canais de Comunicação Interna para promover essas campanhas, adaptando o formato de cada peça para cada canal.

Quer ter mais ideias para campanhas de endomarketing? Acesse nosso artigo: Estratégias e Campanhas de Endomarketing nas Empresas – 45 Exemplos e Dicas Criativas

Missão, Visão e Valores na TV Corporativa

E se a comunicação da Missão, Visão e Valores deve ser constante, atrativa e contemplar as demais estratégias citadas anteriormente, a TV Corporativa é um dos melhores canais para realizar essa comunicação.

Caso você ainda não conheça, a TV Corporativa é um canal de Comunicação Interna que consiste em telas instaladas dentro da empresa. Elas ficam expostas continuamente aos colaboradores e são espalhadas em lugares estratégicos, como em corredores, refeitórios ou até dentro de cada departamento.

tv-corporativa-involves-valores

TV Corporativa da Involves

Você pode ler mais sobre essa ferramenta em nosso artigo: “Tudo sobre a TV Corporativa”.

Esta ferramenta visual de Comunicação Interna possui diversos diferenciais em relação aos meios tradicionais. Dentre as quais, destacam-se:

Visibilidade – ela impacta o colaborador de forma passiva, ou seja, não é necessário nenhum esforço por parte do funcionário para ser impactado pela informação que a equipe de Comunicação Interna quer transmitir;

Frequência de impactação –  em qualquer outro canal, como o e-mail, a intranet e a rede social corporativa, o colaborador é impactado apenas uma vez. Ele consome a informação e dificilmente irá voltar para reler aquele comunicado. A TV Corporativa tem a característica de impactar o colaborador diversas vezes, o que torna esse canal muito interessante para transmitir informações estratégicas, que precisam ser internalizadas pelo colaborador, como a Missão, Visão e Valores.

Boas práticas na TV Corporativa

A TV Corporativa possui diversos diferenciais como canal de Comunicação Interna, porém ela é uma ferramenta e, como qualquer outra ferramenta, é necessário usá-la corretamente para aproveitar ao máximo suas vantagens.

Um CRM, como o SalesForce por exemplo, terá pouca utilidade se não for devidamente configurado. Um software de automação de marketing, como o RD Station por exemplo, não será totalmente aproveitado se não for apoiado por estratégias e ações sólidas de marketing digital.

O mesmo acontece com a TV Corporativa. Para potencializar o poder do canal, será necessário planejamento de conteúdos e estratégias de veiculação.

Uma vez que as telas estiverem instaladas e funcionando, distribuídas nos locais adequados da empresa, você terá 8 horas de programação para preencher e impactar os colaboradores.

Considerando que cada peça de conteúdo veiculada na TV Corporativa tem em média 20 segundos, em 8 horas de programação você será capaz de inserir cerca de 1440 comunicados.

É claro que é impraticável produzir essa quantidade de conteúdos diferentes para o canal, por isso, a programação é dividida em uma playlist, que é reproduzida de forma cíclica durante o dia.

Geralmente, a duração de uma playlist varia entre 5 a 15 minutos, cerca de 15 a 45 conteúdos diferentes, o que é suficiente para criar uma programação diversificada para os colaboradores, garantindo que o canal sempre terá a atenção de todos.

É importante lembrar também que a maioria dos conteúdos de uma TV Corporativa são templates institucionais.

Caso você não esteja familiarizado com este termo, na TV Corporativa, templates são modelos de conteúdos, contendo entre 12 a 25 segundos, e que geralmente têm informações dinâmicas, que variam a cada veiculação do template nas telas, deixando a programação ainda mais diversificada.

Nas imagens abaixo, por exemplo, podemos observar o mesmo template exibindo duas informações diferentes, uma sobre os valores da empresa, e outra sobre a missão.

fonte-de-dados-vertical

Um outro formato de conteúdo muito utilizado na TV Corporativa são as vinhetas, que são vídeos curtos, contendo geralmente entre 20 a 90 segundos. As vinhetas, diferente dos templates, não possuem informações dinâmicas.

Estratégia de Comunicação da Missão, Visão e Valores na TV Corporativa

E para ajudá-lo a estruturar uma estratégia de comunicação assertiva de Missão, Visão e Valores na TV Corporativa, pedimos ajuda para a especialista no assunto, Cleide Cavalcante.

Cleide é gerente de comunicação da Progic e acumula no currículo mais de 150 projetos de implantação de TV Corporativa em grandes empresas.

cleide-02“Por impactar constantemente os colaboradores e entregar o conteúdo embalado de uma forma atrativa e objetiva, a TV Corporativa é o melhor canal para transmitir informações estratégicas, como Missão, Visão e Valores, de maneira assertiva. Essa é uma ferramenta indispensável para empresas que querem construir uma Comunicação Interna eficaz e engajadora.” – Cleide Cavalcante

Abaixo, Cleide sugere uma estratégia de veiculação dos conteúdos de Missão, Visão e Valores na TV Corporativa:

1° Etapa – Vinhetas

Nas seis primeiras semanas, incluímos na programação conteúdos sobre Missão, Visão e Valores no formato de vinhetas.

1° Semana – Vinheta sobre a Missão

2° Semana – Vinheta sobre a Visão

3° e 4° Semana – Vinheta sobre os Valores

5° e 6° Semana – Todas as três vinhetas (Intercaladas)

Como a TV Corporativa é um canal em que os comunicados devem ser transmitidos de forma rápida e resumida, com frases curtas e objetivas, não é interessante produzir um único vídeo com o conteúdo completo sobre a Missão, Visão e Valores da empresa.

Não é o intuito da TV Corporativa fazer com que o colaborador pare suas atividades para assistir um único vídeo de 5 minutos, por exemplo. As informações devem ser passadas assertivamente.

Por isso, é interessante fracionar essas informações em vinhetas curtas, de 20 a 50 segundos, e exibi-las separadamente para maximizar a assimilação de cada uma dessas informações.

Durante a 5° e a 6° semana da campanha, podemos exibir todos os conteúdos na programação de forma intercalada, com o intuito de maximizar o residual de comunicação que queremos passar sobre Missão, Visão e Valores.

2° Etapa – Depoimentos

Após essa veiculação intensa dos conteúdos de Missão, Visão e Valores na TV Corporativa, uma ótima ideia é passar a percepção que o colaborador tem sobre esse assunto, na forma de depoimentos.

Esse formato, que pode ser um vídeo curto legendado ou através de um template institucional, traz diversos benefícios.

O primeiro deles é a inserção dos colaboradores no canal, o que é uma boa prática comprovada pela nossa pesquisa “TV Corporativa Trends 2018”. Na pesquisa, foi constatado que quanto mais o colaborador é incluído na programação, maior é a percepção de melhora na Comunicação Interna causada pela implantação da TV Corporativa.

Além disso, quando o colaborador percebe que está ajudando a construir a TV Corporativa, mesmo que com uma contribuição tão simples quanto um depoimento, ele irá se engajar mais com o canal e com seus conteúdos.

Um outro benefício dessa prática é que ela irá passar a impressão do colaborador sobre a Missão, Visão e Valores da empresa, tirando estas informações do papel e descentralizando a comunicação.

7°, 8°, 9° e 10° Semana – Depoimentos dos colaboradores

nossa-cultura

3° Etapa – Templates

Após dois meses e meio do início da campanha, sendo as seis primeiras semanas veiculando as vinhetas e o último mês com os depoimentos dos colaboradores, podemos entrar no regime permanente da comunicação da Missão, Visão e Valores na TV Corporativa.

Nesta etapa, Cleide Cavalcante sugere a construção de templates institucionais com essas informações. Esses templates, com duração de 15 a 25 segundos cada, podem ser inseridos na programação da TV Corporativa para serem exibidos uma vez a cada 10 minutos, por exemplo.

Na construção desses templates, também é importante prestar a atenção em algumas boas práticas que a TV Corporativa necessita.

Como se trata de conteúdo institucional, a identidade visual do template deve estar coerente com o manual de identidade da marca. As cores devem estar dentro da paleta sugerida pelo manual, assim como o uso do logotipo.

Além disso, atente-se com a quantidade de caracteres inserido a cada nota do template. Uma regra interessante é nunca colocar mais do que 35 caracteres no campo de título do template e nunca mais do que 210 caracteres no campo de descrição.

Após a 10° semana – Template de Missão, Visão e Valores.

Como exemplo, solicitamos os templates utilizados pela nossa cliente Involves, melhor empresa de pequeno porte para se trabalhar em Santa Catarina, segundo a GPTW.


valores-02

missao


visao

valores-03

Posteriormente, de tempos em tempos, sempre que a equipe de Comunicação Interna julgar necessário, é possível reiniciar esta campanha, exibindo novamente as vinhetas, talvez com uma nova arte, coletando novos depoimentos e assim sucessivamente.

O mais importante é comunicar a Missão, Visão e Valores aos colaboradores de forma contínua, atrativa, assertiva.

Conclusão

Após ler este artigo, espero que você tenha aprendido muito sobre Missão, Visão e Valores e que possa aprimorar a da sua empresa, além de reforçar esses princípios entre todos os colaboradores.

Mas o que podemos destacar no final deste texto é a importância de, ao criar Missão, Visão e Valores de uma empresa, precisamos de fato vivê-los e lembrá-los todos os dias.

Se um tema tão importante quanto este ficar apenas no papel, fatores críticos de sucesso serão impactados, como os processos, a produtividade, o engajamento, a comunicação e, consequentemente, os resultados que sua empresa alcançará.

E não tenha medo de mudar! A mudança faz parte da vida e também dos negócios, precisamos nos adaptar e entender o que se enquadra para o nosso cenário, com as pessoas que estão conosco e com quem queremos impactar com o que fazemos.

Eu espero que este artigo sirva como um guia e te auxilie neste processo tão importante de criação, divulgação e vivência da Missão, Visão e Valores.

Qualquer dúvida ou contribuição é só escrever nos comentários.


E se você se interessou nas possibilidades que a TV Corporativa oferece para a comunicação da Missão, Visão e Valores de sua empresa, entre em nosso site e conheça mais sobre a Progic e a nossa solução de TV Corporativa:

software para tv corporativa progic

 

Gostou deste artigo? Compartilhe!

 

Sobre o autor

Daniéli Closs

Relações Públicas por formação, com experiência em liderança, gestão de pessoas e comunicação interna. Conhecimento avançado em marketing digital, apaixonada pelo que faz e entusiasta da evolução.

Deixe um comentário

avatar