Conteúdos Endomarketing

Marketing e Endomarketing – Diferenças e SemelhançasTempo de Leitura: 7 minutos

marketing e endomarketing - diferenças e semelhanças
Escrito por Higor Lima

Podemos resumir marketing como a estratégia empresarial para satisfazer as necessidades e desejos dos consumidores, através do processo de troca. Já o endomarketing é o conjunto de ações voltadas para o público interno para aprimorar a relação entre empregados e empresa, compartilhando a Cultura Organizacional e criando vínculos emocionais.

Marketing e Endomarketing são dois conceitos distintos mas que possuem muitas semelhanças quanto à aplicação.

Se analisarmos o histórico, desde a época antiga, a prática do marketing já se manifestava através da permuta entre comerciantes ou da negociação informal entre duas ou mais partes. Mas foi só após a Revolução Industrial, e mais intensamente na primeira década do século passado, que o estudo dessa ciência ganhou mais importância.

Na década de 80, o endomarketing, por sua vez, surgia como um derivado do marketing visando aplicar as mesmas técnicas de abordagem destinadas aos clientes externos, para o público interno da empresa.

Essa necessidade aparecia depois que o processo de mercado tinha mudado de foco: se no início dos anos 60 a preocupação era voltada apenas para a produção, com o crescimento do mercado a necessidade era superar a concorrência e manter os colaboradores na empresa.

Neste post vamos falar sobre os conceitos em volta dos termos marketing e endomarketing, e suas principais diferenças e semelhanças.

Boa leitura!

Entenda o que é Marketing

A área de marketing é muito importante dentro das empresas, porque muito mais que ser apenas propaganda, as estratégias e atividades do marketing tem como objetivo entender as necessidades do mercado-alvo para entregar valor aos consumidores através dos produtos e serviços ofertados pela empresa.

Se partimos do pressuposto de que um negócio existe para atender as necessidades do cliente, o marketing se torna ferramenta para cativar esse público e garantir sua satisfação com o produto/serviço oferecido.

Há dezenas de vertentes que provém do marketing, cada uma voltada para seu objetivos, mas todas partem da ideia da ação de promover e divulgar algo.

Ao trabalhar com o marketing, precisamos ter em mente que alguns passos devem ser seguidos para torná-lo eficaz. Abaixo selecionamos um conjunto de 5 comportamentos que ajudam a estruturar um projeto de marketing. São eles:

1. Pesquisa

Saiba quem são seus consumidores e o que eles buscam. Conhecer seu cliente é peça fundamental para o sucesso do negócio.

2. Desenvolvimento e Administração do produto

Saber quais são suas características, desenvolver melhorias para acompanhar a evolução do mercado e saber administrar/reconhecer seu valor diante dos concorrentes é um dos pontos do marketing.

3. Comunicação

Marketing não é só propaganda, ela inclui também a publicidade (formas não pagas de divulgação) e promoções (presença em eventos), que facilitam o conhecimento do seu produto através de conteúdo.

4. Vendas

Alguém tem que fazer o esforço de colocar o produto na mão do consumidor. O marketing carrega consigo essa função junto ao comercial, porque atua como agente facilitador da negociação, seduzindo o cliente com a exposição das vantagens de negócio.

5. Pós-venda

Você vendeu um produto, mas ele apresenta defeito. Nesse caso duas alternativas surgem: ou você perde o cliente por vender um produto danificado ou usa o marketing para se retratar pela falha e reconquistar o cliente. Uma venda nunca termina quando o cliente finaliza a compra, ela só acaba quando o cliente passa a fazer o marketing involuntário do seu produto.

Qual a Relação entre Marketing e Endomarketing?

Se a função do marketing é cativar o consumidor final, o endomarketing volta sua atenção para conquistar o público mais importante da empresa: o colaborador.

O entendimento sobre o que é Endomarketing passa muito pela concepção de ser apenas a forma com que você se comunica com os colaboradores e fornecedores. Mas a prática vai muito além disso, porque envolve, além de se comunicar, estratégias para desenvolver o comportamento e a visão de negócio do público interno.

As ações de endomarketing são feitas com estratégia e de forma personalizada de acordo com seu público-alvo. Portanto, podemos afirmar que o endomarketing acontece quando a empresa repassa a mesma informação, mas utiliza técnicas e estratégias de marketing para que ela seja vista e impactada de uma maneira mais efetiva pelos empregados.

Esse comportamento vai refletir no sentimento de pertencimento do colaborador com a empresa e em uma melhora do desempenho das suas funções.

Não adianta investir no marketing externo, fazer o melhor produto e ter o melhor preço, se o colaborador não comprar a ideia da empresa e não estiver satisfeito com seu papel.

Esse descontentamento interno irá abalar todo o trabalho externo de marketing.

Saiba: quando o colaborador realmente sente essa sensação de pertencimento, todo mundo ganha: funcionário trabalha feliz, empresa tem funcionários competentes e de alto desempenho e cliente tem satisfação com os serviços e produtos ofertados.

Um Paralelo entre Marketing e Endomarketing

marketing e endomarketing - diferenças e semelhanças

Apesar de terem públicos-alvos diferentes, marketing e endomarketing mantêm certas semelhanças, que podem ser vistas na hora de se pensar no composto de ambas as estratégias.

Se no marketing temos os 4 Ps (produto, preço, praça e promoção), no endomarketing podemos criar conceitos paralelos à essa estratégia.

Em sua obra Planejamento de endomarketing: guia para construção de planos de marketing interno, o professor e consultor Luis Carlos Carvalho, traça uma comparação entre o mix que compõe os dois comportamentos.

Produto – Ideia

Um dos propósitos do marketing é vender o produto, já no endomarketing o objetivo é vender a ideia. Esta ideia nasce a partir das necessidades da organização em reforçar os pontos a serem trabalhados para que a empresa atinja seus objetivos.

Preço – Elasticidade

As estratégias de marketing e endomarketing devem sempre pensar no quanto a pessoa está disposta a ceder para comprar um produto. Se para o público externo é pensado no preço do produto, para o público interno deve-se pensar no quão uma ideia conquista os colaboradores.

Praça – Indutor

Em uma estratégia de marketing, sempre se leva em consideração a praça, ou seja, os locais onde o cliente buscará seu produto e canais de distribuição.

No endomarketing, o equivalente a este conceito é o indutor, um sinalizador dos caminhos que levam ao engajamento efetivo de uma ideia apresentada.

Podemos dizer aqui que os indutores se apresentam como metas e métricas definidas para mensurar o nível de adesão à ideia, assim como a atuação constante do líder junto ao colaborador.

Promoção – Mobilização

A promoção do marketing engloba todas as ações utilizadas para apresentar o produto ao mercado. No endomarketing, pensamos na mobilização necessária para que se apresente a ideia a um determinado público interno da empresa.

A Comunicação Interna se aprensenta como a mais poderosa ferramenta de mobilização dos públicos internos, mas pode-se pensar em outras formas, até incorporando estratégias do marketing tradicional, associadas ou não com indutores. Campanhas de vendas, por exemplo, são uma excelente forma de mobilizar a equipe.

Outro autor que analisa as diferenças e semelhanças de marketing e endomarketing é Saul Bekin. De forma simplificada, Bekin afirma que enquanto o marketing realiza ações para tornar o cliente menos sensível ao preço, o endomarketing realiza ações para tornar o colaborador menos sensível ao seu salário.

marketing e endomarketing - diferenças e semelhanças

Conclusão

Por mais que as aplicações tenham suas diferenças, marketing e endomarketing não podem ser trabalhadas separadamente.

Se por um lado os resultados das empresas dependem cada vez mais da interação entre clientes, empregados e tecnologias, por outro, o endomarketing assume um papel de grande importância na gestão de uma empresa.

As equipes de Marketing e Recursos Humanos devem manter a sinergia no momento de colocar em prática as ações com o público interno, uma vez que cada setor tem competências essenciais para gerar engajamento e assim refletir no atendimento externo.

 

Gostou deste artigo? Compartilhe!

 

Sobre o autor

Higor Lima

Misture o interesse por histórias com a vontade de conhecer culturas diferentes. Acrescente uma boa dose de aventura e uma pitada de emoção. Leve ao forno até se formar em Jornalismo e terminar a pós graduação em MBA Marketing. Sirva com alegria, disposição e um axé ao fundo.

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Liderança e endomarketing - Qual a relação entre os dois?Liderança e endomarketing - qual a relação entre os dois - Endomarketing.tv Recent comment authors
newest oldest most voted
trackback

[…] e em como torná-lo engajado (ou ainda torná-lo um advogado da empresa). É, literalmente, fazer marketing para dentro da […]

trackback

[…] e em como torná-lo engajado (ou ainda torná-lo um advogado da empresa). É, literalmente, fazer marketing para dentro da […]