Conteúdos Endomarketing

Diferenças e semelhanças entre marketing e endomarketingTempo de Leitura: 3 minutos

marketing e endomarketing
Escrito por Daniane Bergamini

Marketing e endomarketing são dois conceitos distintos, mas com muitas semelhanças. O endomarketing surgiu no início da década de 80 como um derivado do marketing visando aplicar as mesmas técnicas de abordagem destinadas aos clientes externos, para o público interno da empresa. Em um momento em que os resultados das empresas dependem cada vez mais da interação entre clientes, empregados e tecnologias, o endomarketing assume um papel de grande importância na gestão de uma empresa.

Pensando em uma nova perspectiva, o endomarketing pode servir como uma ferramenta essencial para fazer a equipe “vestir a camisa” da empresa. As estratégias devem tornar os públicos internos nos principais compradores da ideia que a empresa quer vender. Para alcançar este ponto, marketing e endomarketing devem ser pensados quase que em conjunto. Para tanto, é importante que setores de Marketing e Recursos Humanos estejam sempre em sintonia, trabalhando em conjunto para manter as estratégias alinhadas.

Apesar de terem aplicações completamente diferentes, marketing e endomarketing mantém certas semelhanças, que podemos visualizar principalmente na hora de se pensar no composto de ambas as estratégias. Se no marketing temos os já célebres 4 Ps (produto, preço, praça e promoção), podemos enxergar paralelos na estratégia de endomarketing que nos ajudam a pensar melhor sua aplicação.

Em sua obra Planejamento de endomarketing: guia para construção de planos de marketing interno, o professor e consultor Luis Carlos Carvalho traça uma comparação entre o mix que compõe as duas estratégias.

Os compostos de marketing e endomarketing

Produto – Ideia

O propósito do marketing é vender o Produto. Já no endomarketing, o objetivo é vender a Ideia. Esta Ideia nasce a partir das necessidades da organização, fundamentada em objetivos. A Ideia reforça os pontos a serem trabalhados para que a empresa atinja seus objetivos.

Preço – Elasticidade

Estratégias de marketing e endomarketing devem sempre pensar no quanto a pessoa está disposta a ceder para comprar um produto. Se para o público externo é pensado no Preço do Produto, deve-se pensar na Elasticidade do público interno para “comprar” a Ideia que a empresa quer passar. Quanto os colaboradores estão dispostos a ceder em pontos como conforto ou desenvolvimento individual, para se engajarem em uma nova Ideia que irá beneficiar o coletivo da empresa?

Praça – Indutor

Em uma estratégia de marketing, sempre se leva em consideração a Praça, ou seja, os locais onde o cliente buscará seu produto e canais de distribuição. No endomarketing, o equivalente a este conceito é o Indutor, um sinalizador dos caminhos que levam ao engajamento efetivo da Ideia. Podemos entender os Indutores como metas e métricas definidas para mensurar o nível de adesão à Ideia, assim como a atuação constante do líder junto ao colaborador.

Promoção – Mobilização

A Promoção do marketing engloba todas as ações utilizadas para apresentar o produto ao mercado. No endomarketing, pensamos na Mobilização necessária para que se apresente a ideia a um determinado público interno da empresa. A comunicação interna se apresenta como a mais poderosa ferramenta de Mobilização dos públicos internos, mas pode-se pensar em outras formas, até incorporando estratégias do marketing tradicional, associadas ou não com Indutores. Campanhas de vendas, por exemplo, são outra excelente forma de mobilizar a equipe.

Como você deve ter percebido, marketing e endomarketing são ao mesmo tempo muito parecidos e distantes um do outro. Por isso, um nunca pode se distanciar do outro. Equipes de Marketing e Recursos Humanos devem manter a sinergia no momento de colocar em prática ações com o público interno, já que cada setor tem competências essenciais para garantir a efetividade do endomarketing.

A sua empresa une marketing e endomarketing? Quais são os resultados observados? Compartilhe conosco nos comentários!

Foto: Pixabay

Sobre o autor

Daniane Bergamini

Sócia e Diretora de Operações da Progic. Formada em engenharia de alimentos pela UFSC com MBA em gestão industrial pela FGV.