Conteúdos TV Corporativa/Mural Digital

Estudo de Caso de TV Corporativa – TMD Friction – Entrevista com Sandra WincklerTempo de Leitura: 5 minutos

case tmd friction
Escrito por Cleide Cavalcante

Uma das principais funcionalidades da TV Corporativa é a possibilidade de segmentar as informações que serão transmitidas nas telas espalhadas pela empresa.

E é exatamente isso que faz a TMD Friction, empresa na qual fizemos um estudo de caso de TV Corporativa Progic. Além de realizar a comunicação com os colaboradores, a TMD Friction também utiliza este canal na recepção da empresa, onde recebe clientes e fornecedores.

É claro que a comunicação não será a mesma, as informações disponibilizadas aos colaboradores não poderão ser mostradas aos clientes ou fornecedores. O público é diferente, então o conteúdo deve ser diferente.

A TMD Friction é uma de nossas clientes e em sua planta em Salto/SP possui 2 telas para realizar a comunicação com os públicos de interesse, uma no refeitório e outra na recepção.

Falamos com a Sandra Winckler, Head Office, para entender como é realizada a gestão dos conteúdos e como funciona a utilização da TV Corporativa.

Sobre a TMD Friction

A TMD Friction é uma empresa do Grupo Nisshinbo, estes que são líderes globais em tecnologia de fricção, fabricam pastilha de freio para praticamente todo tipo de veículo desde carros de passageiros, corrida e veículos comerciais até aplicações industriais.

Com mais de 135 anos na indústria de atrito de frenagem, a TMD Friction tem a confiança das maiores marcas dos setores automotivo e industrial, proporcionando soluções eficazes, confiáveis e seguras para freios.

O dever da TMD Friction é garantir a confiabilidade dos produtos para que as pessoas possam desfrutar de segurança e conforto ao dirigir. Estão sempre focados no futuro para garantir o sucesso e o desenvolvimento contínuo de suas marcas, que são líderes no segmento de Aftermarket, são elas: Textar, Mintex, Don, Pagid e Cobreq.

Estudo de Caso de TV Corporativa – TMD Friction

Prefere assistir a entrevista? Então é só dar play no vídeo abaixo:

Progic – Sobre a utilização da TV Corporativa:

Sandra: Nós usamos a TV Corporativa há praticamente 1 ano. A TV da recepção impacta o público externo e a TV do refeitório é voltada ao público interno, os colaboradores.  

Na TV da recepção nós usamos vídeos institucionais, informações da TMD, dos produtos que a TMD fabrica, dessa nova planta, enfim, todas as informações que podem interessar a fornecedores e clientes. Todos que vem até a empresa, enquanto aguardam, podem ter acesso à informações da empresa.

No refeitório temos informações institucionais, mais voltadas aos colaboradores. Então a gente divulga projetos, informações do grupo (Nisshinbo), eventualmente de outras plantas, fazemos campanhas voltadas à segurança, organização, limpeza, informativos, enfim, toda informação que possa interessar aos colaboradores.

Progic – Sobre a usabilidade da ferramenta:

Sandra: Essa ferramenta (Progic Manager) nos poupa muito tempo, facilita a comunicação com o público externo que às vezes tem um conhecimento restrito de tudo que nós fazemos.

E também com o público interno. O refeitório é um lugar estratégico, todo mundo que está almoçando em algum momento olha para a televisão e a gente aproveita para comunicar todas as coisas que julgamos que seja importante que os funcionários saibam. É uma ferramenta bastante útil e que nos ajuda bastante.

Progic – Sobre os templates prontos da Progic:

Sandra: Eu utilizo alguns dos templates, principalmente os que se referem à campanhas como, campanha de páscoa, outubro rosa, novembro azul. Geralmente são bem estruturados, tem uma comunicação clara, sucinta e bastante efetiva, então eu uso bastante.

Em relação aos informativos internos, a gente prefere ter um template formatado com a cara da TMD.  

Na ferramenta fica tudo bem visível, aparece tudo o que tem disponível e a gente só clica e arrasta. É uma plataforma bem amigável.

Progic – Confiabilidade da ferramenta:

Sandra: Nunca aconteceu de travar um vídeo, todas as vezes que eu tive que subir um vídeo foi bem tranquilo. Toda vez que eu passo (pela tv) está rodando muito bem, ninguém nunca reclamou, nunca tive uma queixa nesse sentido.

Progic – Agendando a programação:

Sandra: Deixo tudo agendado para o período de uma semana, mas claro que se tiver uma informação nova nesse meio tempo a gente mexe, mas normalmente nós nos reunimos na sexta-feira para discutir o conteúdo da próxima semana com o pessoal de segurança, qualidade e RH.

Se tiver uma informação nova nós nos reunimos, decidimos o conteúdo da TV e já subimos na sexta-feira a tarde para que na segunda-feira já esteja rodando na hora do café da manhã.

Na recepção a variação (de conteúdos) é menor, a gente acrescenta campanhas, mas são informações institucionais que normalmente não mudam, o que varia bastante é a programação do refeitório.

O que você achou do estudo de caso de TV Corporativa da TMD Friction?

É importante destacar que diferente do Grupo Abril (veja o case aqui), a TMD Friction está trabalhando apenas com 2 telas e também consegue alcançar todos os colaboradores, realizando uma comunicação eficaz com eles.

E se você também quer potencializar a Comunicação Interna da sua empresa, acesse nosso site e conheça mais sobre a solução da Progic, é só clicar na imagem abaixo.

tv corporativa para o agronegócio

Sobre o autor

Cleide Cavalcante

Gerente de Comunicação e TV Corporativa, há 11 anos mudou o rumo da carreria para trabalhar com o que mais gosta: tecnologia, inovação e comunicação digital. Ao longo deste tempo, foram mais de 150 canais de TV Corporativos implantados com sucesso. E, entre um job e outro, a vida flui intensamente em meio a livros, à natureza e aos pets de estimação.