Comunicação Interna Conteúdos Endomarketing

Endomarketing Estratégico – Resumo do Livro de Analisa de Medeiros BrumTempo de Leitura: 10 minutos

endomarketing estratégico - analisa de medeiros brum
Escrito por Eric Vazzoler

Você sabe qual é o propósito da sua organização? Conhece seus valores? Esses valores realmente são vivenciados no dia a dia da empresa?

Você enxerga o que a sua empresa representa para a sociedade? Conhece o que a difere de seus concorrentes?

Você confia em seu líder? Tem um bom relacionamento com todos os colaboradores?


Se você respondeu sim para todas essas perguntas, você certamente trabalha em uma empresa que realiza um endomarketing estratégico e, muito provavelmente, está satisfeito e engajado com o seu trabalho.

Agora, se você é um profissional de Recursos Humanos, Comunicação Corporativa ou Marketing e possui a missão de fazer os colaboradores de sua empresa responderem sim para todas essas perguntas, então um livro indispensável para a sua coleção é o “Endomarketing Estratégico: Como Transformar Líderes em Comunicadores e Empregados em Seguidores”, da Analisa de Medeiros Brum.

Endomarketing Estratégico - Resumo do Livro de Analisa de Medeiros Brum

Analisa é pioneira no estudo da Comunicação Interna e do Endomarketing no Brasil e uma das principais referências sobre o assunto, com mais de 30 anos de experiência no setor.

Neste artigo, trazemos uma visão geral sobre o livro, algumas frases marcantes e informações extras dessa sensacional obra de Analisa de Medeiros Brum.

Boa leitura.

Resumo – Endomarketing Estratégico: Como Transformar Líderes em Comunicadores e Empregados em Seguidores

Nas últimas décadas, aspectos como Cultura Organizacional, clima, bem-estar no ambiente de trabalho, satisfação e engajamento dos colaboradores estão ganhando espaço como prioridades das organizações.

Se antes as reuniões da alta direção da empresa tratavam majoritariamente sobre assuntos como produtividade, vendas, marketshare e retorno financeiro, hoje, o fator humano é pauta fundamental e permanente.

A ligação entre todos esses elementos está cada vez mais clara e direta aos olhos dos executivos.

Um colaborador engajado possui produtividade 22% maior se comparado a um desengajado, 25% menos chance de deixar a empresa e uma taxa 37% menor de absenteísmo. Empresas com colaboradores engajados possuem lucratividade 21% maior, 48% menos acidentes de trabalho e 10% a mais na retenção de clientes.

E se o grande desafio dos gestores é o engajamento dos colaboradores, o elemento-chave para alcançá-lo é apenas um: a informação!

“Para integrar e reter talentos, está a informação corporativa, que, se bem trabalhada internamente, além de contribuir para que esses objetivos sejam atingidos, promove o alinhamento do pensamento e das atitudes das pessoas à estratégia da empresa. Assim, o tão desejado engajamento por parte do público interno ao que a empresa propõe, decide ou realiza, é decorrente da forma como a informação acontece dentro dela.”

Quando trabalhada de forma estratégica, com sistemática, responsabilidade e profundidade, a informação irá engajar. E é aí que o endomarketing entra em cena.

A informação tem que ser atrativa. As pessoas somente compram aquilo que precisam ou que as atrai. E mesmo quando precisam, avaliam as diversas ofertas do mercado e são seduzidas por aquilo cujo apelo comercial é maior. Para isso, a informação/produto a ser vendida ao empregado precisa estar embalada de uma forma que desperte o seu interesse. É aqui que entram as estratégias e técnicas de marketing que servem para tornar o produto/informação mais atraente aos olhos do consumidor/empregado.”

Causa, Sentido e Significado

Por que você trabalha? Qual o significado que seu emprego tem para você?

É claro que o salário é fundamental, mas para alcançar o engajamento profissional o propósito de trabalhar deve ir muito além de apenas receber o pagamento no final do mês.

Uma boa remuneração financeira é um dos principais aspectos para alcançar a satisfação no trabalho, mas tem pouco impacto no engajamento do funcionário. Um colaborador pode estar satisfeito e ainda assim aceitar um recrutador que ofereça um salário 5% maior.

Para engajar as pessoas, umas das principais informações que precisam ser trabalhadas pela empresa é sobre o seu significado, sobre o seu propósito. A causa além do lucro.

“Segundo o Instituto Gallup, uma pesquisa realizada recentemente mostrou que apenas 41% dos empregados, de setores diferenciados, sabem o que a empresa na qual trabalham representa para a sociedade e a razão que a torna diferente em relação aos seus concorrentes. Esse resultado evidencia uma relação direta entre a compreensão que o empregado possui sobre a identidade da empresa e a necessidade da organização comunicar mensagens-chave que representem o seu verdadeiro propósito.”

Os funcionários precisam encontrar um significado maior em suas funções e que os satisfazem pessoalmente. Isso os torna engajados, dispostos a oferecer um trabalho que vale muito mais do que o salário que recebem.

Uma vez que eles perceberem, com o auxílio da Comunicação Interna, a relação entre os resultados de seus trabalhos e os propósitos da empresa, então eles enxergarão o impacto de seus esforços e a diferença que estão causando no mundo.

“Tenho convivido com várias empresas que estão revendo e reescrevendo sua missão, visão e valores, preocupadas em se adaptar aos novos tempos e, principalmente, em criar algo que faça mais sentido para as pessoas. Revisitar os valores, buscando torná-los coerentes com o atual momento da empresa, é uma estratégia de endomarketing que favorece a retomada da atenção do público interno para esse conteúdo, cuja importância é indiscutível.”

Todas essas informações, que moldam a cultura da empresa e que influenciam o comportamento das pessoas, precisam ser muito bem comunicadas. Essa comunicação é um processo longo e sem ponto de chegada.

“Costumo dizer que a cultura é um tema que tem que ser trabalhado o tempo todo, com os valores sendo repetidos de forma sistemática em canais internos de comunicação, em campanhas de endomarketing, em programas de reconhecimento e, principalmente, por meio da comunicação líder/equipe.”

O Endomarketing Estratégico

Quando surgiu, a estratégia de endomarketing se resumia a apenas divulgar as campanhas de marketing externo primeiro para os colaboradores da empresa.

Com a mudança comportamental das pessoas no ambiente de trabalho, onde os millennials e a geração Z já são maioria, o endomarketing precisou evoluir.

“Hoje, endomarketing é bem mais do que isso, pois abrange todo e qualquer esforço que a empresa faz para se comunicar com o seu público interno, gerando o engajamento que precisa para cumprir com os seus objetivos e gerar resultados. Um processo que atualmente exige muita rapidez, interação e flexibilidade…”

Atualmente, o endomarketing engloba qualquer estratégia ou ação para atrair, integrar, engajar e reter talentos. Porém, apesar desse papel abrangente e estratégico que o endomarketing possui, ainda há muito a se fazer nas empresas.

“E embora o endomarketing tenha evoluído muito, ainda vejo empresas entregando aos seus empregados apenas informações de baixa e média relevância. A comunicação com o público interno, nas empresas, está intoxicada de informações superficiais.”

“A informação que engaja é decorrente de um conteúdo estratégico que se refere a negócio, cultura, pessoas, objetivos, estratégias, resultados e outras igualmente importantes. São as informações sobre índices de segurança, qualidade e produtividade, dados de mercado como vendas, lançamentos de produtos, novas linhas de produção, além de programas e processos de Recursos Humanos. Os empregados desejam receber informações relevantes e consistentes, que não sejam abordadas de forma superficial e que deixem claro o nível de contribuição que a empresa espera deles.”

Além de abordar aspectos globais do endomarketing nas organizações, Analisa discorre também sobre cada um dos canais de Comunicação Interna, como as revistas corporativas, o mural digital e as redes sociais corporativas.

“Mural digital está substituindo o velho jornal mural que, […] usando monitores colocados nas áreas administrativas e operacionais, as empresas podem divulgar suas notícias em tempo real por meio da informação digitalizada, acompanhadas de fotografias ou ilustrações. Esse é um canal que pode misturar informações de baixa, média e alta relevância, pois são transmitidas em, no máximo, um parágrafo, sem um aprofundamento maior. Mas é possível separar as informações por grupos de conteúdo – o que gera um maior nível de assimilação – por meio de telas de abertura de editorias antecedendo cada notícia. Essas telas com editorias podem ser fixas, dentro das quais serão digitadas as informações que irão ao ar, mudando o layout periodicamente para não cansar o público interno.”

Analisa defende que a comunicação deve acontecer de forma organizada entre todos os canais da empresa:

“Quando me refiro à “de forma organizada”, quero dizer: com canais estruturados, integrados por uma mesma programação visual e de linguagem, sistemáticos, atrativos, e com espaços específicos para grupos de conteúdo importantes, especialmente sobre Recursos Humanos, Gestão e Negócio.”

Demais Tópicos Abordados

Apenas pelas poucas citações apresentadas neste artigo, você já deve ter percebido a riqueza de informações que o livro de Analisa contém, tanto no âmbito estratégico quanto no operacional.

Através de uma linha argumentativa muito sólida e consistente Analisa discorre sobre a importância do endomarketing para as empresas e apresenta maneiras fundamentadas de como realizá-lo de maneira estratégica.

“A informação é, sem dúvida alguma, a melhor estratégia. Refiro-me à informação rápida, transparente e engajadora. A informação é o produto da comunicação com o público interno e a principal estratégia de alinhamento dos empregados em relação a tudo aquilo que a empresa deseja construir e obter.”

Ao narrar diversos casos de estratégias e ações de endomarketing de sucesso que ajudou a construir em grandes empresas nacionais e multinacionais de diversos segmentos, Analisa compartilha um pouco de sua experiência adquirida à frente da maior agência de endomarketing do Brasil, a Happy House.

Além disso, Analisa aborda de forma muito consistente a respeito da marca como empregadora (Employer Branding), apresentando diversas formas de construção e estratégias de comunicação da proposta de valor do empregado (Employee Value Proposition).

Um fator que Analisa defende durante todo o livro é o papel estratégico que os líderes têm no processo comunicacional da empresa. A autora dedicou três capítulos exclusivos para o assunto, defendendo a liderança colaborativa, mostrando como transformar o líder no primeiro e principal meio de distribuição de informações para o público interno e apresentando técnicas e estratégias de comunicação face a face.

“A comunicação está entre a visão e a execução como o elo que permitirá, não apenas o entendimento por parte da equipe em relação ao que precisa fazer para que os objetivos sejam alcançados, mas também o compartilhamento do conhecimento e da experiência do líder. A partir daí, numa empresa que trabalha a meritocracia e o reconhecimento, são estabelecidas as metas individuais, assim como as da equipe, e o papel do líder passa a ser o de colaborar para que todos alcancem essas metas.”

Para finalizar, Analisa ainda fala da “dor e do privilégio” que é mensurar os resultados do endomarketing e da Comunicação Interna. Nesse último capítulo, a autora discute sobre a importância da mensuração e apresenta estratégias e práticas para realizar essa atividade.

Informações sobre o Livro

Título: Endomarketing Estratégico: Como transformar líderes em comunicadores e empregados em seguidores

Autora: Analisa de Medeiros Brum

Páginas: 272

Onde comprar: Editora Integrare, Amazon, Livraria Cultura, Americanas

Sobre o autor

Eric Vazzoler

Engenheiro eletricista deslumbrado pela Comunicação com os Colaboradores e pelo Marketing Digital. Líder da equipe de Marketing de Conteúdo da Progic. Apaixonado por livros, filmes, músicas, games e pedalar no meio da natureza.

Deixe um comentário

avatar